O Pacto do Diabo

Tinto, 2018

Ano 2018
Tipo Tinto
Castas Alicante Bouschet, Merlot e Cabernet Sauvignon
Notas de Prova / Cor : Granada Opaco / Aroma : Geleia, compota, amora e ginja, com algumas nuances florais lembrando rosas
Sabor : Notas de madeira muito suaves, um final prolongado e persistente denotando uma boa integração na madeira e recordando os aromas
Grau 15% | Açúcares redutores 1,5 g/l
pH 3,56 | Acidez total 5,9 g/l
Número de Garrafas 8.380 de 0,75 l
Produtor Filipe Barreiros Cardoso
Enólogo António Madalena
Data de Engarrafamento 14 de Junho com rolha de cortiça – categoria flor

Sugestão Servir a uma temperatura de 14º- 18º C. No sentido de enaltecer todo o estágio em madeira, recomenda-se decantar. Ideal para acompanhar pratos estufados, tal como um ossobuco, ou pratos de forno como um arroz de pato.
Solo Argiloso
Vindima No dia 31 de Agosto, vindima manual, sendo a uva transportada em caixas de 10 kgs para evitar o seu esmagamento
Enologia Fermentação alcoólica em cuba inoxidável durante três semanas, com temperatura de fermentação controlada a 24º C
Estágio Após fermentação alcoólica e maloláctica, o vinho estagiou durante 1 ano e 8 meses em barricas novas de carvalho francês

Este vinho demorou muito tempo a sair pois queríamos que fosse absolutamente inovador. Foi preciso muita inspiração e quase um pacto Divino para que o conseguíssemos produzir. Em tom de piada, o nome e rotulo aludem a este pacto que, apesar de várias frustrações, nunca nos deixou desistir de um dos melhores vinhos que a Herdade teve, até hoje, o prazer de produzir.

O Pacto do Diabo

Tinto, 2018

Ano 2018
Tipo Tinto
Castas Alicante Bouschet, Merlot e Cabernet Sauvignon
Notas de Prova / Cor : Granada Opaco / Aroma : Geleia, compota, amora e ginja, com algumas nuances florais lembrando rosas
Sabor : Notas de madeira muito suaves, um final prolongado e persistente denotando uma boa integração na madeira e recordando os aromas
Grau 15% | Açúcares redutores 1,5 g/l
pH 3,56 | Acidez total 5,9 g/l
Número de Garrafas 8.380 de 0,75 l
Produtor Filipe Barreiros Cardoso
Enólogo António Madalena
Data de Engarrafamento 14 de Junho com rolha de cortiça – categoria flor

Sugestão Servir a uma temperatura de 14º- 18º C. No sentido de enaltecer todo o estágio em madeira, recomenda-se decantar. Ideal para acompanhar pratos estufados, tal como um ossobuco, ou pratos de forno como um arroz de pato.
Solo Argiloso
Vindima No dia 31 de Agosto, vindima manual, sendo a uva transportada em caixas de 10 kgs para evitar o seu esmagamento
Enologia Fermentação alcoólica em cuba inoxidável durante três semanas, com temperatura de fermentação controlada a 24º C
Estágio Após fermentação alcoólica e maloláctica, o vinho estagiou durante 1 ano e 8 meses em barricas novas de carvalho francês

O Pacto do Diabo

Tinto, 2018

Este vinho demorou muito tempo a sair pois queríamos que fosse absolutamente inovador. Foi preciso muita inspiração e quase um pacto Divino para que o conseguíssemos produzir. Em tom de piada, o nome e rotulo aludem a este pacto que, apesar de várias frustrações, nunca nos deixou desistir de um dos melhores vinhos que a Herdade teve, até hoje, o prazer de produzir.